Quem precisa de uma mãe?

 Quando Jesus viu a sua mãe e perto dela o discípulo que ele amava, disse a ela: “Este é o seu filho”. Em seguida disse a ele: “Esta é a sua mãe”. E esse discípulo levou a mãe de Jesus para morar dali em diante na casa dele. João 19:26-27
Nesta nova conjuntura familiar, Jesus não pronunciou: “João, cuide de minha mãe como se fosse sua mãe”, ou: “Maria, cuide de João como se fosse seu filho”. Não. Ele disse a Maria: “Este é o seu filho”. Em seguida disse a João: “Esta é a sua mãe” (Jo 19.26-27). Jesus empoderou Maria para ser a mãe do João e João para ser o filho de Maria. Assim Jesus estabeleceu a família substituta na cruz de Calvário. Maria não era mãe coisa nenhuma de João, nem João filho de Maria, mas isto não se vê nas palavras de Jesus aqui. Quantas crianças e adolescentes, filhos de vizinhos, filhos de parentes, grupos de irmãos em abrigos institucionais, jovens em mocós, crianças em situação de rua ou até em nas nossas igrejas (na Escola Bíblica Dominical!), precisam de uma mãe ou de um pai? Jesus pode nos empoderar a ser mãe e pai. Não de brincadeira, mas de fato. Mãe e pai de filhos, nossos. Olhe bem o resultado triunfal desta nova construção familiar: “Daquela hora em diante, o discípulo a levou para casa”. Esta é a minha oração para você e para todas as crianças, adolescentes e jovens. Uma casa para cada criança brasileira. 
Pastor Patrick Reason é inglês naturalizado brasileiro, pai de dois filhos adolescentes e marido da Iara. Fonte: Revista Ultimato
Anúncios

Fique a vontade para deixar seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s