Projeto AMIGOS

Somos um grupo de voluntários com o propósito de reunir pessoas envolvidas com a obra missionária, visando à promoção de ações sociais.

Qual é o sentido da vida?

em 12 de dezembro de 2016

Eu gosto de design interior. Não do tipo faça-você-mesmo, em que você faz aulas de restauração de mobílias e construção de deques. As ferramentas e eu temos um acordo. Elas não me perturbam, e eu não as perturbo. No que se refere a design interior, prefiro o tipo compre-você-mesmo.

No design interior, existe um conceito às vezes referido como ponto focal. Cada cômodo possui um ponto focal: um utensílio, uma parede, ou um canto para onde todo o restante aponta. Quando as pessoas entram numa sala, elas são consciente ou inconscientemente atraídas a esse ponto focal.

Por padrão, o ponto focal costuma ser a televisão. Outras vezes é uma peça artística. Ou a visão de uma janela. Ou a cabeça enorme de um alce com olhos de vidro e chifres de dezoito pontas que você acertou com seu arco e flecha numa jornada de dez dias pela floresta. Ei, não é meu caso, mas eu vivo no noroeste americano, e a gente vê coisas do tipo por aqui.

Qual o ponto focal de nossa vida? Somos nós mesmos? São nossos esforços? São nossas boas obras? Ou é Jesus?


Se Jesus é o ponto focal de nossa vida, não vivemos com base no que é terreno, aquilo que é possível ver, tocar e sentir. Não precisamos nos sujeitar às paixões e às filosofias a que o mundo ao redor se apega tão firmemente. Pelo contrário, orientamos e planejamos nossa existência em torno de verdades e princípios celestiais.


Não tenho a pretensão de ser um especialista na psicologia humana. No máximo, eu seria o sujeito no divã, não o cara na cadeira fazendo anotações. Mas sou um cara de sentimentos e sei bem quando minhas emoções saem do controle — e, infelizmente, todo mundo também sabe. Descobri que, quando isso acontece, a razão geralmente é que me esqueço do que é importante. Perco Jesus de vista. Permito que as pressões e as decepções da vida se apossem de meus pensamentos.

Alguns de nós entoamos canções todos os domingos sobre como Deus é bom e poderoso. Dizemos a Deus que lhe entregamos nossa vida. Então saímos para trabalhar na segunda e nos esforçamos e nos estressamos como se tudo dependesse de nós. Fazemos a vida girar ao nosso redor: buscamos satisfazer nossos prazeres, alcançar nossas metas, realizar as coisas por nossa força. É um dispositivo sutil e silencioso que é ligado em nossa mente de domingo para a segunda-feira, mas os resultados são nítidos: preocupação, depressão, medo, ansiedade, orgulho, raiva, impaciência, inveja, amargura, calúnia, confusão e tensão.

Não sei você, mas eu prefiro descanso, paz, clareza, alegria e propósito. Essa lista me deixa empolgado. Uma vez que Jesus é o ponto focal — uma vez que ele é o ápice da vida e o pináculo da existência —, tudo o mais faz sentido. A vida se torna simples de novo. As prioridades se encaixam no lugar, e a paz, a alegria e o descanso retornam.

“Venham a mim”, Jesus nos chama hoje. “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.”

Jesus é o sentido da vida. 

O artigo que você acaba de ler é um fragmento do livro JESUS É ___.Nele, Judah Smith esclarece a importância da mensagem de Cristo aos homens e mulheres do século 21 e revela as bases para um relacionamento genuíno com o Senhor. Ótima opção de leitura e aprendizado para os cristãos ou curiosos que desejam conhecer mais de perto o mais eloquente e singular personagem da História, Jesus. Fonte: Mundo Cristão

Anúncios

Fique a vontade para deixar seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: