Adoção: uma benção que vem do céu

Cantem a Deus, louvem o seu nome com salmos! Deem honra a quem cavalga sobre as nuvens; seu nome é Senhor; alegrem-se na sua presença! Pois ele é o Pai dos órfãos; ele faz justiça às viúvas. Deus cuida deles na sua santa habitação.

Deus dá uma família às pessoas solitárias, liberta os presos e lhes dá riqueza e felicidade. […] Salmos 68.4-6, NBV.

No trecho bíblico acima, vemos o cuidado de Deus para com o ser humano. Nada passa despercebido aos olhos daquele que tem todo o poder e sabe tudo. Ele conhece cada um dos habitantes da Terra e não está alheio às suas necessidades. O Senhor, como diz as Escrituras, é o pai dos órfãos, faz justiça a quem precisa e dá família a quem se sente só.

Aliás, há um detalhe interessante aqui e que dá para pensar: “Deus dá uma família às pessoas solitárias”…

Ele é o inventor da família – esse ambiente sagrado e propício para o crescimento, para a partilha, para a fraternidade e amor. O Criador sabe que é aí que os solitários podem florescer e cada pessoa pode encontrar afeto, cuidado, direcionamento e companhia para os desafios da vida.

Esse fato nos faz também pensar naquele bonito gesto de receber e abraçar alguém em uma família: a adoção. Uma atitude nobre que transforma uma casa e que muda histórias de vida. É bonito ver casos de crianças, adolescentes e jovens, outrora tristes em orfanatos ou abrigos para menores, crescendo fortes, alegres e vigorosos no seio de um lar.

É interessante notar que a adoção foi uma das atitudes de Deus para conosco. Ele mesmo nos adotou como filhos: Seu plano imutável sempre foi adotar-nos em sua própria família, por meio de Jesus Cristo, pois esse era o seu propósito e sua vontade, Efésios. 1.5, NBV. É realmente uma alegria saber que somos amados pelo Pai Celeste e, como filhos adotivos, termos “espaço” em seu coração.

Aliás, “coração” é uma bela palavra para falar dessa experiência. Pois é por meio dele que expressamos nossos mais profundos sentimentos e é nele que guardamos as pessoas que mais amamos.

Ser pai, mãe ou filho do coração é uma dádiva de Deus.

Se você é papai ou mamãe adotivo, ou se você é um “filho do coração”, celebre essa benção e saiba que sua família é um canal para glorificar o Pai Celestial. Por isso, faça o seu melhor. Se são pais, cuidem de seu presente com extremo cuidado, sabendo que Deus assim o deseja. Se é filho, ame seus pais e saiba que o amor não é questão de laço biológico, mas sim de coração. Agradeçam o Criador das famílias e vivam Seu plano perfeito. 

Fonte: Mundo Cristão

Anúncios

Fique a vontade para deixar seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s