Mensageiro e peregrino — a tarefa de Cristão de anunciar o Reino Eterno

Cristão é um jovem com um livro na mão e uma mensagem para todos. Vive numa Terra Estranha, onde governam Corruptos e Enganadores, chamada Reino das Coisas Passageiras. Desde que esteve à sombra da Cruz, onde seu fardo foi tirado e ele recebeu vida nova, não segue mais as regras desta terra. Ele segue as regras do Mestre enquanto viaja para a Cidade Celestial. Nesta jornada de peregrino, é um representante de outro reino — o Reino dos Céus, que nunca terá fim!

Esta é a Era de Todas as Causas. Muito cedo, Cristão foi incentivado a ter a sua. Família e amigos desejavam que escolhesse causas conhecidas, como a Grande Natureza, a Política das Nações, o Grito dos Pobres do Mundo, a Saúde em Primeiro Lugar, a Religião dos Que Mais Creem. Ou, ainda, por não entenderem a causa do Reino, incentivaram-no a viver sem causa, alheio a todos os Grupos de Vozes ao redor. Poderia morar no Jardim Enfeitiçado e passar os dias em frente à Caixa de Distrações, mudando de canal até adormecer. Contudo, na Cruz, Cristão entendeu que lutar pelo Reino dos Céus é lutar por todas as causas (Mt 6.10; Sl 24.1), pois o grande Mestre tem redenção para toda a Criação (Rm 8.19-23).

A tarefa de Cristão em Terra Estranha é anunciar este Reino Eterno (Mt 28.18-20). Não é uma tarefa simples, pois anunciar o Reino é muito mais do que sair nas praças e gritar uma mensagem para todos. Tampouco se refere a conquistar, manipular, ou forçar decisões. Cristão precisa viver a Mensagem. Só assim ela será eficaz e servirá de exemplo para outros, pois o Reino começa dentro de cada um (Lc 17.20-21). Faz isso conhecendo o Livro, o qual nunca abandona. É o Livro da Verdade, onde encontra todas as informações necessárias sobre o Reino dos Céus e os discursos e ensinos do Rei. O Livro o impede que se desvie do caminho ou que esqueça sua tarefa. Cristão deve consultá-lo todos os dias, atentamente, aberto aos seus ensinos (Sl 119.105; Js 1.8).

No Livro, Cristão conheceu um Mensageiro Mais Experiente e aprendeu com ele que, ao deparar-se com algo injusto, corrupto, enganoso e errado em Terra Estranha, deve agir em oposição, fazendo o que é justo, íntegro, verdadeiro e correto. É assim que age o Rei (Rm 12.17; Jr 9.24). “O maior dom é sempre o amor” — escreveu o Mensageiro. “Nunca subestime a influência de pequenos atos de amor” — disse ainda (1Co 13). “Quer ver as coisas mudando ao seu redor e o Reino das Coisas Passageiras dando lugar ao Eterno? Ame. Não finja amar. Ame realmente e odeie o que está errado” (Rm 12.9-11).

Seguindo viagem, Cristão abre o Livro e anuncia: “Ouçam todos, cidadãos do Reino das Coisas Passageiras! Vocês devem ir à sombra da Cruz, deixar ali seus fardos, receber nova vida e embarcar na jornada rumo à Cidade Celestial. Depois, precisam seguir todos os princípios do Mestre enquanto estão em Terra Estranha. Se assim fizerem, pouco a pouco, o Reino das Coisas Passageiras, com todos os seus enganos, tristezas e injustiças, será substituído pelo Reino dos Céus, um governo repleto de justiça, paz e alegria (Rm 14.17). Ouçam a Mensagem do Rei! Vivam a Mensagem do Rei! Acolham aos seus princípios”. Cristão não se cansará e não se calará até que a Justiça e a Verdade sejam cumpridas em toda a Terra; até que seu Rei volte para reinar eternamente (Is 42.4).

Nota
Texto inspirado na obra “O Peregrino”, de John Bunyan.

• Eliceli Katia Bonan, 26 anos, é contadora de histórias, seguidora de Cristo, jornalista e voluntária em Jovens Com Uma Missão (JOCUM). 

Fonte: Revista Ultimato | edição setembro-outubro 2013

Anúncios

Fique a vontade para deixar seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s