Projeto AMIGOS

Somos um grupo de voluntários com o propósito de reunir pessoas envolvidas com a obra missionária, visando à promoção de ações sociais.

Não confie em heróis, nem em você mesmo

em 29 de julho de 2016

Em época de crises e desesperanças, é tentador buscar consolo na busca de heróis referentes, imaginar que messianismos de um iluminado ou iluminada serão como que a solução mágica para muitos problemas.

Eu me lembro de uma conversa quando visitei a casa de um dos sobreviventes da tragédia dos Andes, aquele voo em que 45 passageiros viajavam do Uruguai ao Chile, em 1972, quando o avião caiu. Mais de dois meses isolados na montanha, em meio a muita neve e frio extremo, dois dos sobreviventes atravessaram os Andes a pé e assim os 16 sobreviventes foram resgatados, 72 dias depois do acidente.

Um desses jovens que atravessou a pé a cordilheira é hoje um médico cardiologista, Roberto Canessa. Roberto recebeu a mim e a um grupo de estudantes em sua própria residência. Muitos livros foram escritos e alguns filmes foram rodados sobre essa história. Por isso eu lhe perguntei por que achava que essa história atraía tanto a nossa atenção. Ele me disse: “Eu acho que as pessoas precisam de heróis”, no seu jeito simples de quem não se via como um herói e que entendia apenas ter feito o que deveria ter feito naquele momento de crise. Me lembrei das palavras de Jesus sobre servos inúteis que apenas cumprem o seu dever (Lc 17.10).

É muito melhor a gente esperar e trabalhar para que cada um cumpra bem seu papel na vida, do que ficar esperando que uma pessoa sozinha vá resolver tudo. Pior, e bastante perigoso, quando imaginamos que essa pessoa pode ser nós mesmos. Um dos melhores conselhos que já ouvi a esse respeito foi do Richard Foster, quando ele disse que era bem pouco saudável ir a uma festa em que te homenageiam. O problema principal seria passar a acreditar em todos os elogios que te fazem. Ninguém, além de Jesus, é Messias ou salvador, muito menos eu mesmo. Farei o que me cabe fazer, com humildade, e isso é suficiente. 

Fonte: Revista Ultimato

Anúncios

Fique a vontade para deixar seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: